Sistema Online de Gestão de Consultórios Odontológicos


  Central de Atendimento : (62) 4016-8055

im_h_py

Xô estresse. Como ser mais feliz como dentista?

Muitos dentistas sofrem de esgotamento e grave exaustão, que refletem nos relacionamentos, humor e saúde física. Embora surpreendente, muitos dentistas sofreram tanto que tiveram ataque cardíaco ou tentaram suicídio. E por tanto estresse, acabaram deixando a profissão por uma questão de sobrevivência. No artigo de hoje descubra algumas dicas para fugir do estresse e sair dessa triste estatística.

Infelizmente os dentistas ocupam uma posição de destaque no raking de estresse das profissões, tendo experiências estressantes que variam de níveis moderados a graves, com um média de estresse diária que varia entre 5-7, em uma escala de 10.

Os fatores mais comuns são:

1) Trabalho sob pressão de tempo: Trabalhar com o tempo contado não é nada fácil, afinal se algo der errado e demandar mais tempo, irá gerar uma bola de neve que repercutirá nos outros atendimentos do dia. Por isso, esse é o número 1 da nossa lista.

2) Demanda dos pacientes: As longas listas de atendimento, apesar de serem benéficas para a saúde financeira da clínica, são cansativas depois de anos de prática e podem gerar exaustão física e mental.

3) Pacientes não cooperativos: Existem pacientes que não são fáceis de lidar como crianças, pacientes medrosos, temerosos ou presidiários, por isso requerem uma atenção especial que na correria do dia-a-dia pode gerar tensão.

Alguns dentistas são afetados tão negativamente pelo estresse que podem desenvolver depressão, ansiedade, alcoolismo e problemas cardíacos. Então, a menos que você esteja disposto a dançar no ritmo da música do trabalho, todos os dias, você conseguirá animar o seu humor e revigorar seu fluxo de trabalho. Dessa forma, a pergunta é a seguinte, como conseguir tal proeza? A resposta é simples: Prática!

Aqui estão algumas das melhores dicas para aliviar o estresse:

1) Mude sua mentalidade: Antes de começar a trabalhar, ao invés de pensar em todas as tarefas chatas e difíceis, se concentre no que você mais gosta de fazer. Pense no porquê de ter escolhido a odontologia e em como faz feliz outras pessoas. Sinta-se grato por ter uma profissão e isso fará seu dia mais feliz.

2) Se considere grande e se renove: Como estou contribuindo ao mundo com a minha carreira? Essa frase tem um grande potencial de nos estimular, então não só pense em contribuir, contribua definitivamente. Não se acomode, faça novos cursos, treinamentos, se torne mais forte, só assim se sentirá grande e que está de fato fazendo diferença no mundo com sua profissão. Isso deixará a monotonia e rotina de lado, e assim você irá se divertir trabalhando.

3) Limpe sua mesa de trabalho: Todos sabemos que com a falta de tempo os papéis vão se acumulando e quando menos esperamos a mesa do escritório está uma bagunça. Pesquisas indicam que você se sente muito mais confortável e estimulado com um ambiente limpo, portanto cuide para manter sua mesa sempre livre daquela papelada, isso te ajudará e muito, melhorando seu desempenho diário!

4) Priorize e limpe seu cérebro: Anote tudo o que ocorre na sua rotina diária, tarefas em atraso, atividades a serem realizadas, funcionários que devem ser treinados, preocupações e etc. Depois dessa lista inicial, use-a como base para fazer uma nova e priorize. Claro, tudo de lá é importante, mas existem itens que podem esperar para o dia seguinte, ou não?

5) Foco! Foco! Foco! Se você tiver foco, as dificuldades e obstáculos serão driblados e você se desgastará menos para atingir seu objetivo. “Algumas pessoas acham que foco significa dizer sim para a coisa em que você irá se focar. Mas não é nada disso. Significa dizer não às centenas de outras boas ideias que existem. Você precisa selecionar cuidadosamente.” Steve Jobs

6) Não deixe que os problemas apodreçam: Existem tarefas que são tão chatas, mas tão chatas que só de pensar nos causa náuseas. Talvez seja aquele telefonema que você precisa fazer ou um problema de empregado que você vem adiando. Como disse Mark Twain: “Se é o seu trabalho comer um sapo, é melhor fazê-lo como a primeira coisa da parte da manhã.” Obtenha seu pior pesadelo o mais cedo possível e então com certeza você vai se sentir melhor depois.

7) Faça grandes tarefas se tornarem pequenas: Ao invés de trabalhar horas seguidas em um só final de semana, que tal trabalhar todos os dias alguns minutos? Às vezes enormes projetos parecem absolutamente inacessíveis, mas com esforço constante sem pressão, você vai se sentir mais virtuoso, fazer mais, e pode até mesmo continuar a trabalhar um pouco mais quando você achar que você está descansado.

8) Respire: Ninguém é de ferro, então durante seu dia de trabalho procure levantar-se para tomar um café, dê uma volta e aprecie a paisagem. Esses pequenos hábitos podem renovar as suas forças para voltar com tudo para sua tarefa, então experimente.

9) Pense Positivo: O modo como percebemos os impactos do mundo, é assim que nos sentimos em relação a ele. As pessoas que se descrevem como otimistas ou se consideram sortudas enxergam oportunidades que os outros não veem. Além disso, as pessoas felizes são mais produtivas. Desafie-se a reformulação de obstáculos como oportunidades, mesmo as que não vem naturalmente. Isso faz total diferença.

E por último, concentre-se em sua própria felicidade em primeiro lugar! Pronto para começar? Ótimo! Vá em frente e conquiste o mundo!

Até o próximo artigo!

O que achou? Deixe o seu comentário.